Sistema Campo Limpo em Números

Dados atualizados do desempenho e dos impactos do Sistema

Embalagens destinadas pelo Sistema (em mil toneladas)

Clique nas barras do gráfico para ver o valor (em mil toneladas):

verde: Concluído. laranja: Previsão.

Destinação do material (%)

*Alguns produtos: embalagens (de defensivo agrícola ou óleo lubrificante), conduítes e dutos, tubo para esgoto, caixa de bateria automotiva e pellet.

Embalômetro

Toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas retiradas do meio ambiente até o momento:

  1. 0
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
  1. 0
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
  1. 0
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
  1. 0
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
  1. 0
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
  1. 0
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
94%*
das embalagens plásticas primárias comercializadas no Brasil são destinadas pelo inpEV

*O índice médio brasileiro de destinação de embalagens vazias é calculado dividindo-se a massa total de embalagens destinada pelo Sistema Campo Limpo pela massa total de embalagens colocada no mercado pelos fabricantes. No entanto, no momento do cálculo do índice, parte das embalagens colocadas no mercado pelos fabricantes podem não ter sido esvaziadas pelos agricultores ou permanecerem nos estoques dos canais de distribuição e, portanto, ainda não foram devolvidas nas unidades do Sistema. Essa quantidade de embalagens “não-esvaziadas” ou “não-vendidas” ao consumidor final são estimadas anualmente e deduzidas da quantidade informada pelos fabricantes para o cálculo do índice médio. Alguns fatores justificam essa possível demora no uso dos produtos, entre eles, variações climáticas que podem diminuir a ocorrência de insetos, doenças ou de plantas daninhas e o aumento do plantio de variedades geneticamente modificadas e resistentes à insetos e doenças, reduzindo a necessidade do uso de agrotóxicos. Além disso, outro fator que pode resultar numa venda menor do que a prevista pelos distribuidores é o uso de produtos ilegais, falsificados ou contrabandeados, cujas embalagens não são devolvidas pelo agricultor. Estima-se hoje que o uso destes produtos esteja entre 20 a 25% do volume total aplicado, resultando em potencial dano ambiental, uma vez que estas embalagens não tem destinação adequada.

Infraestrutura do Sistema – 2018

Capilaridade e cobertura

111 centrais | 300 postos

1.500 profissionais
1.500 profissionais participam direta ou indiretamente do Sistema Campo Limpo Cerca de 70 colaboradores integram o inpEV
Ecoeficiência do Sistema (dados de 2002 a 2016)

Ecoeficiência do Sistema (dados de 2002 a 2017)

  • Energia economizada: o suficiente para abastecer 2,5 milhões de casas durante um ano;
  • Evitou o correspondente à geração média de resíduos de uma cidade de 500 mil habitantes durante 11 anos;
  • Emissões evitadas: 625 mil t CO2e;
  • 1,4 milhão de barris de petróleo deixaram de ser consumidos.