Voltar ao Site Principal

JULHO AGOSTO 2020

Equipe da central de Rio Brilhante (MS) tem reconhecimento por manter
          operação funcionando com segurança

Equipe da central de Rio Brilhante (MS) tem reconhecimento por manter operação funcionando com segurança

SISTEMA EM FOCO

Com medidas preventivas, Sistema Campo Limpo continua em funcionamento com segurança e eficiência

Cuidados para evitar covid-19 são incorporados à rotina sem afetar produtividade e saúde dos colaboradores

Estamos realizando todas as medidas para evitar aglomeração e manter o distanciamento social recomendado

Edson Odair Figueiredo

Cada agricultor que chega na central de Rio Brilhante (MS) para realizar a devolução de embalagens vazias ou sobras de defensivos agrícolas vai encontrar um cenário um pouco diferente. Os portões vão estar fechados, pois só entra um de cada vez, e ao lado da entrada foi instalada uma pia com sabão e álcool em gel para que façam sua higienização. Uma placa orienta sobre a obrigatoriedade de usar máscara e explica como será o atendimento, reforçando a informação para que evitem descer do caminhão.

 

“Estamos realizando todas as medidas para evitar aglomeração e manter o distanciamento social recomendado. Para reconhecer o empenho dos motoristas, além da ação em que entregamos um cartão e chocolate em abril, agora estamos oferecendo uma máscara como brinde, um gesto simbólico para alertar aos caminhoneiros sobre a importância de se cuidar, pois ainda não é o momento de se baixar a guarda”, afirma Edson Odair Figueiredo, supervisor da central de Rio Brilhante.

Agricultor faz assepsia antes de entrar na central de Rio Brilhante

Agricultor faz assepsia antes de entrar na central de Rio Brilhante

Este é apenas um exemplo de como as unidades do Sistema Campo Limpo estão se comportando para manter a excelência da operação e a segurança de todos nesse período em que é preciso evitar a transmissão do coronavírus.

 

A agricultura não para e o Sistema continua operando para atender a essa demanda. Mesmo com um mês de operação reduzida, entre 24 de março e 27 de abril, os resultados não foram prejudicados. “Conseguimos atender quem deixou de entregar naquele período porque todo o trabalho foi muito organizado e efetivado pelas associações de distribuidores e pelo inpEV. Continuamos mantendo o funcionamento adequado para garantir a segurança tanto de agricultores que procuram as unidades quanto dos pequenos proprietários que utilizam o recebimento itinerante, destaca Antonio Carlos Amaral, gerente de Operações do Instituto.

 

Cuidados nas unidades e nos recebimentos itinerantes

 

 

 

Mantemos sempre o funcionamento adequado para garantir a segurança tanto de agricultores que procuram as unidades quanto dos pequenos proprietários que utilizam o recebimento itinerante

Antonio Carlos Amaral

Nas unidades de recebimento, os cuidados preventivos incluem a disponibilidade de recipientes com álcool em gel em todos os ambientes; manutenção de distância de segurança entre os funcionários e agricultores; uso de máscaras ao recebê-los; pedido para que os motoristas fiquem no caminhão; e envio de recibos por e-mail. Nos recebimentos itinerantes, há o fornecimento de máscaras e álcool em gel para receber os agricultores, limpeza constante da mesa de trabalho com álcool líquido 70% e orientação para evitar aglomerações.

 

Todas essas iniciativas foram acompanhadas por ações de comunicação e conscientização, disseminando conteúdos sobre a covid-19, formas de prevenção e novas rotinas para colaboradores do inpEV, gestores de centrais, associadas, recicladoras e transportadoras. Todos os envolvidos responderam positivamente a essas orientações, comportamento que foi essencial para o sucesso das medidas implantadas e foi alvo de uma ação de reconhecimento: a distribuição de um cartão com um mimo a todos que mantém o Sistema funcionando.

 

 

Central de Rio Brilhante instalou pia ao lado do portão para garantir higienização na entrada

Central de Rio Brilhante instalou pia ao lado do portão para garantir higienização na entrada

 

 

“Além das medidas preventivas para quem está na operação, o inpEV mantém trabalhando em home office os colaboradores do escritório, assim como os colaboradores das unidades que pertencem a grupos de risco, como portadores de doenças respiratórias crónicas. É importante destacar que mantivemos todos os empregos, reforçando nosso compromisso com a responsabilidade social, e continuamos atentos a qualquer mudança que for necessária”, ressalta o gerente.

 

Para saber mais sobre as ações que o inpEV e o Sistema Campo Limpo estão realizando para combater a disseminação do novo coronavírus, acesse https://inpev.org.br/inpev/prevencao-covid-19/

PEA volta em 2021

Diante do fechamento das escolas por causa da pandemia de covid-19, o Programa de Educação Ambiental (PEA) Campo Limpo, voltado para alunos de 4º e 5 º anos do Ensino Fundamental, foi suspenso este ano e será aplicado em 2021. O material pedagógico que aborda a correta gestão dos resíduos sólidos, alinhado aos parâmetros curriculares, será utilizado no próximo ano. Mas em agosto os participantes poderão acessar jogos online, disponíveis no site.

 

VEJA TAMBÉM NESTA EDIÇÃO

Bons exemplos na devolução de sobras de agrotóxicos

Bons exemplos na devolução de sobras de agrotóxicos

João Cesar M. Rando Diretor-presidente do inpEV

Empenhados em ser solidários

Abrampa valoriza a contribuição do inpEV para a gestão de resíduos sólidos

A consolidação do recebimento de sobras pós-consumo de agrotóxicos

Uma comemoração especial para um ano diferente

Uma comemoração especial para um ano diferente

InpEV participa de evento virtual da Enactus Brasil

InpEV participa de evento virtual da Enactus Brasil