Voltar ao Site Principal

Logo Informativo
Numero Informativo

SETEMBRO OUTUBRO 2020

Central de Ilhéus foi uma das 97 unidades que promoveu a doação de cestas básicas

Central de Ilhéus foi uma das 97 unidades que promoveu a doação de cestas básicas

CAPA

Uma comemoração do bem

Dia Nacional do Campo Limpo leva solidariedade e mensagem sobre cuidado ambiental a todo o país; evento promove doação de 9,8 mil cestas básicas

Na região de Cruz Alta (RS), mais de 50 famílias beneficiadas pelo projeto Profissão Catador receberam cestas básicas e kits de material de higiene pessoal, doação promovida pela central de Boa Vista do Incra (RS), durante a comemoração do Dia Nacional do Campo Limpo, em 18 de agosto. Este foi um exemplo das inúmeras ações de solidariedade que marcaram a celebração da data neste ano, a 16ª edição e a primeira virtual. Em vinte estados do país, 97 unidades de recebimento realizaram parcerias com instituições e mobilizaram a comunidade num esforço que resultou na doação de 9,8 mil cestas básicas, o equivalente a 150 toneladas de alimentos.

 

Com o tema “Celebrar conquistas e multiplicar solidariedade”, a versão digital do evento utilizou a capilaridade do Sistema Campo Limpo para praticar o bem e comemorar os números positivos do programa. Já são mais de 580 mil toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas corretamente destinadas desde 2002. No ano passado, 94 de cada 100 embalagens recebidas pelo Sistema foram encaminhadas para reciclagem.

 

“Ficamos muito felizes com o sucesso da iniciativa virtual. Além de conseguirmos mobilizar toda a cadeia produtiva agrícola nas ações de solidariedade, ainda impactamos milhões de pessoas com as mensagens do Sistema Campo Limpo. Foi uma oportunidade de passar para a sociedade e para todos aqueles que participam dos esforços do Sistema o que o programa representa para o país, a comunidade e o meio ambiente”, destaca João Cesar Rando, diretor-presidente do inpEV.

 

 

Assista às atividades virtuais do DNCL 2020

 

O programa Agro 360 Especial Dia Nacional do Campo Limpo, do Canal Terra Viva, foi a solenidade oficial de celebração da data, em 18 de agosto. Além do inpEV, participaram da celebração Tereza Cristina, ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; deputado federal Alceu Moreira, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária; Márcio Lopes de Freitas, presidente do Sistema OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras); Roberto Rodrigues, ex-ministro da Agricultura e coordenador do Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas; e Paulo Tiburcio, presidente executivo da Andav (Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários).

 

 

 

 

Durante o “Dia de Campo: Caminhos do Agro SP", promovido pela secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, o diretor-presidente do inpEV participou de uma live com o secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Gustavo Junqueira, e com Marcos Penido, secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo.

 

 

 

 

Em 2020, o Portas Abertas foi diferente. A visita a uma unidade de recebimento foi virtual. Veja como as centrais funcionam.

 

 

 

 

A celebração contou ainda com uma esquete teatral, "A Vendinha Diferente", que apresenta de forma simples e divertida conceitos como economia circular e consumo consciente.

 

 

 

 

Confira também o filme de encerramento, que traz os melhores momentos das ações de solidariedade e de toda celebração

 

 

 

 

Parabenizo o inpEV por esse projeto que eu reputo como um dos mais importantes na área ambiental da nossa agricultura. Que o inpEV continue fazendo esse grande trabalho para a agricultura e o meio ambiente brasileiros.

Tereza Cristina, ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

O trabalho do inpEV e do Sistema Campo Limpo é algo que precisa ser muito divulgado para que fique claro para a sociedade como se faz a gestão das embalagens no agro. Todos trabalhando juntos teremos um Brasil mais sustentável e próspero.

Gustavo Junqueira, secretário de Estado de Agricultura e Abastecimento de São Paulo

Marcos Penido, secretário de Estado de Infraestrutura e Meio
        Ambiente de São Paulo

Com a logística reversa no campo, a agricultura dá exemplo de como devemos preservar o meio ambiente. As embalagens vão para local correto e ainda geram emprego, geram renda e beneficiam toda a cadeia. Sustentabilidade vem de sustento e para ter sustento tem que ter emprego e renda.

Marcos Penido, secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente de São Paulo

Deputado federal Alceu Moreira, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária

Se nós conseguíssemos fazer com o plástico urbano o que é feito pelo Sistema Campo Limpo com as embalagens no campo, nos lugares mais longínquos do Brasil, nós não teríamos 1 só quilo de plástico no mar aberto, poluindo nossas águas.

Deputado federal Alceu Moreira, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária

Márcio Lopes de Freitas presidente do Sistema OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras)

O trabalho do Sistema Campo Limpo é exemplo do que pode ser feito quando as pessoas e instituições se organizam. Organizou-se uma força fantástica que tem 94% das embalagens corretamente destinadas. É um exemplo para todos os setores.

Márcio Lopes de Freitas, presidente do Sistema OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras)

Roberto Rodrigues, ex-ministro da Agricultura e coordenador do Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas

A sustentabilidade é tema capital para a competitividade porque há uma preocupação real no mundo inteiro com o meio ambiente. A questão da logística reversa de embalagens de defensivos agrícolas representa para o Brasil uma enorme vantagem competitiva.

Roberto Rodrigues, ex-ministro da Agricultura e coordenador do Centro de Agronegócio da Fundação Getúlio Vargas

Paulo Tiburcio, presidente executivo da Andav (Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários)

A lei funciona porque existem elos da cadeia comprometidos (fabricante, agricultor, distribuidor e poder público) somados a grande programa de educação e conscientização, apoiados ainda por excelência na gestão de processos.

Paulo Tiburcio, presidente executivo da Andav (Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários)

 

 

Veja como foram as ações de solidariedade pelo Brasil

 

 

No município de Boa Vista (RR), a unidade de recebimento,
              gerenciada pelo inpEV, destinou 25 cestas básicas e 5 fardos de
              arroz com o apoio das entidades Associação da Moradia Digna do
              Estado de Roraima, Abrigo Infantil Viva Criança, Arroz Prato
              Chique, Auto Car e Araerr (Associação das Revendas de Agroquímicos
              do Estado de Roraima).
1 - 10

Boa Vista (RR)

No município de Boa Vista (RR), a unidade de recebimento, gerenciada pelo inpEV, destinou 25 cestas básicas e 5 fardos de arroz com o apoio das entidades Associação da Moradia Digna do Estado de Roraima, Abrigo Infantil Viva Criança, Arroz Prato Chique, Auto Car e Araerr (Associação das Revendas de Agroquímicos do Estado de Roraima).

No município de Contenda (PR), a unidade de recebimento,
              gerenciada pelo inpEV, destinou 180 cestas básicas com o apoio das
              entidades Assipar (Associação dos Revendedores de Insumos
              Agropecuários da Região Metropolitana de Curitiba), Associação São
              Roque e Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Cachimba
              e Pequeno Cotolengo do Paraná.
2 - 10

Contenda (PR)

No município de Contenda (PR), a unidade de recebimento, gerenciada pelo inpEV, destinou 180 cestas básicas com o apoio das entidades Assipar (Associação dos Revendedores de Insumos Agropecuários da Região Metropolitana de Curitiba), Associação São Roque e Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Cachimba e Pequeno Cotolengo do Paraná.

No município de Dourados (MS), a unidade de recebimento,
              gerenciada pela Aregran (Associação das Revendas de Defensivos
              Agrícolas da Grande Dourados), destinou 254 cestas básicas com o
              apoio das entidades Igreja Católica Santa Rita de Cássia, Igreja
              Presbiteriana Independente de Dourados, Associação Espírita
              Emmanuel e Dinâmica Agricola.
3 - 10

Dourados (MS)

No município de Dourados (MS), a unidade de recebimento, gerenciada pela Aregran (Associação das Revendas de Defensivos Agrícolas da Grande Dourados), destinou 254 cestas básicas com o apoio das entidades Igreja Católica Santa Rita de Cássia, Igreja Presbiteriana Independente de Dourados, Associação Espírita Emmanuel e Dinâmica Agricola.

No município de Goiânia (GO), a unidade de recebimento, gerenciada
              pela Associação Goiana de Empresários Revendedores de Produtos
              Agropecuários, destinou 60 cestas básicas com o apoio da
              Associação Missionária Beneficente.
4 - 10

Goiânia (GO)

No município de Goiânia (GO), a unidade de recebimento, gerenciada pela Associação Goiana de Empresários Revendedores de Produtos Agropecuários, destinou 60 cestas básicas com o apoio da Associação Missionária Beneficente.

No município de Linhares (ES), a unidade de recebimento,
              gerenciada pelo inpEV, destinou 120 cestas básicas, 300 máscaras e
              mais 200 unidades de álcool em gel com o apoio das entidades Ceami
              (Centro de Acolhida Maria Imaculada) e Assoagres (Associação dos
              Revendedores de Insumos Agropecuário do Espírito Santo).
5 - 10

Linhares (ES)

No município de Linhares (ES), a unidade de recebimento, gerenciada pelo inpEV, destinou 120 cestas básicas, 300 máscaras e mais 200 unidades de álcool em gel com o apoio das entidades Ceami (Centro de Acolhida Maria Imaculada) e Assoagres (Associação dos Revendedores de Insumos Agropecuário do Espírito Santo).

No município de São Manuel (SP), a unidade de recebimento,
              gerenciada pela Adiaesp (Associação dos Distribuidores de Insumos
              Agrícolas do Estado de São Paulo), destinou 90 cestas básicas com
              o apoio da entidade Vila Vicentina.
6 - 10

São Manuel (SP)

No município de São Manuel (SP), a unidade de recebimento, gerenciada pela Adiaesp (Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas do Estado de São Paulo), destinou 90 cestas básicas com o apoio da entidade Vila Vicentina.

No município de Sinop (MT), a unidade de recebimento, gerenciada
              pelo Cearpa (Conselho Estadual de Associações de Revendas de
              Produtos Agropecuários) de Sinop, destinou 40 cestas básicas com o
              apoio das entidades Apae (Associação de Pais e Amigos dos
              Excepcionais) e Acrinorte (Associação dos Criadores do Norte de
              Mato Grosso).
7 - 10

Sinop (MT)

No município de Sinop (MT), a unidade de recebimento, gerenciada pelo Cearpa (Conselho Estadual de Associações de Revendas de Produtos Agropecuários) de Sinop, destinou 40 cestas básicas com o apoio das entidades Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) e Acrinorte (Associação dos Criadores do Norte de Mato Grosso).

No município de Teotônio Vilela (AL), a unidade de recebimento,
              gerenciada pelo inpEV, destinou 150 cestas básicas com o apoio das
              entidades Lions Clube Teotônio Vilela, Secretaria de Assistência
              Social de Teotônio Vilela e Adraal (Associação dos Distribuidores
              e Revendedores de Agroquímicos de Alagoas).
8 - 10

Teotônio Vilela (AL)

No município de Teotônio Vilela (AL), a unidade de recebimento, gerenciada pelo inpEV, destinou 150 cestas básicas com o apoio das entidades Lions Clube Teotônio Vilela, Secretaria de Assistência Social de Teotônio Vilela e Adraal (Associação dos Distribuidores e Revendedores de Agroquímicos de Alagoas).

No município de Uruçuí (PI), a unidade de recebimento, gerenciada
              pelo inpEV, destinou 100 cestas básicas com o apoio das entidades
              Adra-Nordeste (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos
              Assistenciais), Missão Piauí e Colégio Batista Uruçuí.
9 - 10

Uruçuí (PI)

No município de Uruçuí (PI), a unidade de recebimento, gerenciada pelo inpEV, destinou 100 cestas básicas com o apoio das entidades Adra-Nordeste (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais), Missão Piauí e Colégio Batista Uruçuí.

No município de Vacaria (RS), a unidade de recebimento, gerenciada
              pelo inpEV, destinou 350 cestas básicas com o apoio das entidades
              HM Serralheria, Agropecuária Pepa, Pro Bim Engenharia, Tua Rádio
              Fátima, Cor & Cia Tintas, Mimos by Paola Frozi, Lancheria &
              Restaurante La Bodega, Emater, Agrimar, Florença, C20, Futura
              Agrícola, Agroin e Agrocaxias.
10 - 10

Vacaria (RS)

No município de Vacaria (RS), a unidade de recebimento, gerenciada pelo inpEV, destinou 350 cestas básicas com o apoio das entidades HM Serralheria, Agropecuária Pepa, Pro Bim Engenharia, Tua Rádio Fátima, Cor & Cia Tintas, Mimos by Paola Frozi, Lancheria & Restaurante La Bodega, Emater, Agrimar, Florença, C20, Futura Agrícola, Agroin e Agrocaxias.

VEJA TAMBÉM NESTA EDIÇÃO

Ações virtuais, resultados concretos

CENTRAL DE CONTENDA (PR) TEVE BEM-SUCEDIDA TRANSIÇÃO DE GESTÃO PARA O INPEV

Boas experiências com a gestão integrada de centrais de recebimento

CEZAR ALVES, PRESIDENTE DA ASSIPAR

Assipar aponta benefícios com transferência da gestão da central de Contenda (PR)

AGRICULTOR DEVOLVE EMBALAGEM EM RECEBIMENTO ITINERANTE EM PALMEIRA, NO PARANÁ

Recebimentos itinerantes acontecem com segurança

NOVA CAMPANHA LAVE E DEVOLVA REFORÇA IMPORTÂNCIA DE AGRICULTORES CUMPRIREM SUAS RESPONSABILIDADES

Conscientização em alta