inpEV conquista Selo Bronze no programa GHG Protocol

A solenidade de lançamento da publicação dos inventários de emissões de gases do efeito estufa (GEE), do Ciclo 2023, do GHG Protocol, ocorreu na terça-feira (24/10), em São Paulo

O Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV) acaba de ser reconhecido com o Selo Bronze no Programa Brasileiro GHG Protocol, desenvolvido pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade (FGVces), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), e World Resources Institute (WRI). Em seu primeiro ano de participação, o inpEV apresentou um Inventário de emissões de gases de efeito estufa (GEEs) no Registro Público de Emissões do programa. 

A solenidade de lançamento da publicação dos inventários do Ciclo 2023 ocorreu na terça-feira (24/10), no Evento Anual do Programa Brasileiro GHG Protocol, realizado no Auditório da FGV EAESP, em São Paulo. 

O Inventário é um diagnóstico realizado para determinar as fontes de emissões das atividades produtivas e quantificar o lançamento na atmosfera. Fazer essa contabilidade significa organizar corretamente a quantidade de emissões e suas origens, fundamental para que as organizações cumpram seus acordos e metas de descarbonização. 

“O Inventário é o primeiro passo que damos para avançarmos em ações cada vez mais sustentáveis, nesse caso com foco na descarbonização da economia. Com isso, estamos também cumprindo um compromisso firmado no nosso Relatório de Sustentabilidade, ao mapearmos e quantificarmos nossas emissões de gases do efeito estufa para destinar corretamente as embalagens de defensivos agrícolas pelo Sistema Campo Limpo”, destacou Marcelo Okamura, presidente do inpEV. 

O Programa Brasileiro GHG Protocol foi criado em 2008 e é responsável pela adaptação do método ao contexto brasileiro e pelo desenvolvimento de ferramentas de cálculo para estimativas de lançamentos de gases do efeito estufa (GEE). Um de seus objetivos é estimular a cultura corporativa de Inventário de emissões de GEE no Brasil para uma agenda de enfrentamento às mudanças climáticas nas organizações.