Pará ganha novo posto de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos

Unidade instalada em Novo Progresso tem capacidade de receber anualmente 80 toneladas do material

São Paulo, dezembro de 2020 – O Estado do Pará acaba de ganhar o quarto posto de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas, depois de Marabá, Mojuí dos Campos e Redenção. A nova unidade, que fica em Novo Progresso, entra em operação sob a gestão da Acasp (Associação dos Comerciantes Agropecuários do Sul do Pará), e tem capacidade para receber anualmente 80 toneladas do material. Com isso, o Sistema Campo Limpo, programa de logística reversa de embalagens vazias e sobras pós-consumo de defensivos agrícolas, amplia sua malha, acompanhando as necessidades do setor agrícola. O posto vai atender aos distritos de Cachoeira da Serra e Castelo dos Sonhos, em Altamira (PA); os distritos do KM 1000, Alvorada e Riozinho das Arraias, em Novo Progresso; e o distrito de Moraes de Almeida, em Itaituba (PA).

“A nova unidade representa uma ampliação da área atendida pelo Sistema Campo Limpo no estado do Pará. O agricultor precisa fazer o agendamento para devolver as embalagens vazias, com as tampas e rótulos. Em seguida, receberá o comprovante de devolução que deve ser guardado por um ano, para fins de fiscalização”, explica Ana Telma Soares, coordenadora regional de Operações do inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias).

A implantação da unidade de recebimento segue as normas da Lei nº 9.974/00, que disciplinou a logística reversa desse material e estabeleceu responsabilidades compartilhadas entre agricultores, canais de distribuição, indústria e poder público. De acordo com a lei, cabe ao setor de comercialização indicar ao agricultor, na nota fiscal de venda, o local onde as embalagens vazias devem ser devolvidas. A lei disciplina ainda que as empresas fabricantes devem responsabilizar-se pela logística reversa e destinação final ambientalmente correta. Isso acontece por meio do inpEV, que representa a indústria fabricante e realiza o transporte do material das unidades de recebimento até o destino final.

Para agendar o horário de devolução, é necessário ligar para o número (65) 9 8149-8875. O posto fica localizado no Rod. BR 163 - KM 1002 - Zona Rural (em frente ao armazém ALBA), em Novo Progresso. O atendimento acontece às quintas e sextas-feiras, entre 7h30 e 11h30 e de 13h30 às 17h30. O material recebido na unidade será encaminhado para a central de recebimento de embalagens vazias de Sinop, no Mato Grosso. De lá, será enviado para reciclagem ou incineração.

Sobre o inpEV

Desde 2002, o inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) é entidade gestora do Sistema Campo Limpo nas atividades de destinação de embalagens vazias de defensivos agrícolas e promove ações de conscientização e educação ambiental sobre o tema, conforme previsto em legislação. É uma instituição sem fins lucrativos formada por mais de 100 empresas e nove entidades representativas da indústria do setor, distribuidores e agricultores.

Sobre o Sistema Campo Limpo

O Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração.

Mais informações sobre o inpEV e o Sistema Campo Limpo estão disponíveis no site www.inpev.org.br, no Facebook, Youtube e Instagram.

Informações para a imprensa:

Hill +Knowlton – Silvia Braido - silvia.braido@hkbrasil.com.br
Celular / WhatsApp: 11 999957 8761

Adriane Froldi - adriane.froldi@hkbrasil.com.br
Celular / WhatsApp: 11 99105 7831


Fonte: